Published on 4 de maio de 2016 by Itapua Beiramar

Produção e Direção – Jorge Itapuã e Omri Breda

Câmera – Tay Nascimento

Edição – Talita Ghivelder

Som e Mixagem – Guga Fittipaldi

  1. Capenga

Capenga ontem teve aqui

Deu dois mil réis a papai

Deu três mil réis a mamãe

Café e açúcar a vovó

Deu dois vintém a mim só

Sim senhor meu camarada

Quando eu entrar você entra

Quando eu sair você sai

Passar bem, passar mal

Mas tudo na vida é passar, camará

Água de beber

Aruandê

Aruandá

Goma de engomar

Ferro de furar

Faca de ponta

Quer me pegar

Na falsidade

Sentido nele

Ele é cabeceiro

Ele é mandingueiro

Sabe jogar

A capoeira

 

  1. Vou dizer ao meu sinhô

 

Vou dizer ao meu sinhô que a manteiga derramou – coro

 

A manteiga não era minha era da filha de ioiô

Carapina de iaiá, carapina de ioiô

Manteiga derramou, caiu n´água se molhou

A manteiga molhou e meu senhor me castigou

A manteiga não era minha era da filha de ioiô

Carapina de sinhá, carapina de sinhô

Manteiga derramou, derramou

 

 

  1. Adeus Santo Amaro

 

Adeus Santo Amaro eu vou ver Lampião já vou – coro

Vou ver Lampião já vou, eu vou ver Lampião moitar

Meu compadre amarra o bode que eu também vou amarrar

Vou ver Lampião já vou, eu vou ver Lampião moitar

Minha mãe me dê dinheiro pra eu comprar um cinturão

Pra andar de cartucheira no bando de Lampião

Eu vou ver Lampião já vou, já vou lá

No rifle de Lampião tem sete laços de fita

Lampião só entra em casa onde tem moça bonita

O rifle de Lampião era feito seu tesouro

O cano todo de prata, coronha toda de ouro

As caboclas nordestinas são faceira e tem ação

Guardam charque e farinha pro bornal de Lampião

Vou ver Maria Bonita, Corisco, vou ver Dada

Eu vou ver Lampião já vou, eu vou ver e vou contar

O lelê mulher rendeira, ô lelê mulher rendá

Se chorar por mim não fica, soluçou vai no borná

Vou ver Lampião na moita, eu vou ver Lampião moitar

 

  1. Pisada de Lampião

 

Ê ê ê tum tum tum – coro

 

Olha a pisada de Lampião

Lá vem Lampião descendo a serra

Lá vem subindo a ladeira

Se danando no xaxado

Cantando mulher rendeira

Olha a pisada de Lampião

No dia que amanhece

Lá dentro de Itabaianinha

Homem não monta cavalo

Mulher não deita galinha

O milho não faz mingau

Nem macaxeira dá farinha

Olha a pisada de Lampião.

Comentarios

comentarios

Category

Add your comment